Bioconstrução com resíduos, uma solução urbana

Bioconstrução com resíduos, uma solução urbana

Se o lixo é um problema, porque não transformá-lo em solução?

Esta é a proposta da oficina de Taipas Urbanas, oferecida pela Casa dos Hólons durante o BioConstruindo BioCidades do Ecocentro IPEC, em Pirenópolis, Goiás, de 12 a 15 de outubro de 2017.

“Este ano iremos apresentar exemplo dessa técnica melhorada, em que usamos uma forma maior para fazer os tijolos, ou mesmo aplicamos os resíduos e a massa diretamente no espaço a ser construído”, explica o coordenador da Casa dos Hólons, Tomaz Ahau. “Desde a década passada experimentamos o uso dos resíduos na construção e é algo que tem dado certo!”

Muitos criticam o reuso de materiais inorgânicos na bioconstrução, entretanto, esta é uma das soluções que podem ser aplicadas no meio urbano, ou mesmo rural. Sempre a redução de consumo trará melhores resultados para acabar com o lixo, mas como isso ainda é um grande desafio para a maioria das pessoas, porque não integrar estes mesmos resíduos em construções?

Dessa forma é possível reduzir o uso de materiais como tijolos, barro ou mesmo cimento. Uma das técnicas que Tomaz apresenta é o simples ato de encher garrafas PET de sacolas plásticas e outros resíduos que não serão reciclados, como fio dental e cotonetes. Após encher bem a garrafa, deixando toda ela bem preenchida em seu interior, pode-se colocar na forma ou diretamente na estrutura.

“Se considerarmos que apenas 2% de todo o lixo coletado, será reciclado, é urgente tomarmos alguma atitude. Pouco a pouco, podemos mudar nossos hábitos de consumo, evitar comprar, fazer mais em casa, ou no mínimo sermos responsáveis por aquele lixo que geramos”, diz Ahau.

  • Garrafe PET com resíduo
  • Parede com garrafas de vidro
  • Forma gigante para adobe
  • Parede com garrafas de vidro
  • Parede de assentamento direto com resíduos (isopor, garrafas PET, palha)
  • Parede de assentamento direto com resíduos (isopor, garrafas PET, palha)
  • Parede de assentamento direto com resíduos (isopor, garrafas PET, palha)
  • Adobe gigante com resíduos (garrafas PET, palha)

Clique aqui para conferir maiores informações sobre o BioCidades, que desde 1999 forma bioconstrutores de todo Brasil e do mundo!

SERVIÇO

BioConstruindo BioCidades
Local: Ecocentro IPEC, Pirenópolis – Goiás (140km de Brasília)
Data: 12 a 15 de outubro/ 2017
Inscrições no site da entidade

SOBRE A CASA DOS HÓLONS

Veja as experiências de bioconstrução da Casa dos Hólons, nos 13 anos que ocupou um imóvel da rua João Álvares Soares, no Campo Belo, em São Paulo.