Como integrar resíduos na bioconstrução

Como integrar resíduos na bioconstrução

Confira passo a passo como integramos a bioconstrução com materiais inorgânicos!

Como nosso Laboratório ficava em uma área urbana e os resíduos eram abudantes, não tinha como não usar o lixo para bioconstruir. Neste vídeo, mostramos passo a passo o que fizemos para levantar as paredes da nossa cozinha externa.

Vale ressaltar que a estrutura ficou firme de 2010 até 2016, quando deixamos o imóvel. Talvez até poderia ter durado mais tempo, já que não observamos nenhum problema ou rachadura.

REUSAR É PRECISO!

Apenas 1,8% de todo lixo seco coletado vai ser reciclado, segundo dados do extinto Ministério das Cidades. Então, precisamos saber reaproveitar! Claro que reduzir o consumo e nossa consequente produção de lixo é essencial. Mas para uma sociedade em transição, ainda precisamos de ideias para designar funções ao nosso lixo.

Deixar para que alguém colete e retransforme pela gente não funciona. 80% de nosso lixo vai para aterros e lixões, as tecnologias para reciclagem são caras e nem todos os materiais podem ser reciclados. Portanto, é preciso sanar o problema na fonte! Uma solução é reduzir, não produzir, a outra é encontrar uma utilidade após o uso.

Veja esses dois vídeos de Minutos da Sustentabilidade, sobre o tema. Um fala do reuso, outro traz algumas dicas para cortar na fonte, o problema!

Esperamos que este vídeo lhe ajude nisso. Aliás, este é o objetivo da série Arquivo Hólons. Através de nossos registros audiovisuais, inspirar pessoas e mostrar nossas experiências! Mostrar que é sim possível!

Em nosso próximo vídeo, mostraremos como fizemos a cobertura desta cozinha, com a técnica de ferrocimento, além de vidros e pedaços de acrílico coletados nas ruas de São Paulo.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube, curta nossa página no Facebook e fique por dentro!